Katy Perry viaja para o Vietnã em nome da Unicef


Hoje (12), Katy foi para o Vietnam para uma missão da Unicef com funcionários de governo, oradores e ativistas sociais para o evento “Forbes 30 Under 30” (Fórum da Juventude), evento promovido pela Forbes que tinha como tema “A próxima geração”.

O evento tem intuito de debater os problemas existentes hoje no Vietnam e incetivar os jovens a moldar o seu próprio futuro, elevando suas vozes sobre questões que eles acreditam que são os mais importantes em suas próprias vidas . Katy foi chamada por conta da sua grande influencia sobre os jovens do mundo e a cantora aceitou o convite apenas porque acreditou que a sua imagem pode atrair outros pessoas para um trabalho voluntário.

Perry passou mais tempo falando sobre as crianças, um mundo que, segundo ela, deve obter a máxima proteção. Já quem em abril de 2013 Katy junto com a Unicef foi para Madagscar e testemunho a realidade de pobreza onde as crianças e seu povo se juntaram as mãos para mudar suas vidas.

“Estou aqui hoje para compartilhar minha história e minha voz, e espero que eu possa ajudá-los a encontrar sua própria voz” Katy na Forbes 30 Under 30.

Confira o discurso traduzido:

A primeira vez que estou no Vietnã. De qualquer forma, eu estou na Ásia há quase 4 semanas. Eu queria ficar no Vietnã, porque uma vez que ele tinha menos de 30 anos. Agora eu sou 30, então eu ainda não estou longe [para você]. Estou muito animada de estar aqui, embora minha estadia aqui só vai levar algumas horas. Sinto-me honrada em ser convidada para o primeiro pico “Under 30” no Vietnã como Embaixadora de Boa Vontade da UNICEF. Como um jovem artista crescendo em os EUA, eu tive a oportunidade de moldar o seu futuro e encontrar minha própria voz. Estou aqui hoje para compartilhar com vocês a minha história, e espero que ela irá ajudá-la a construir as suas próprias opiniões. A primeira vez que fui em uma missão com a UNICEF foi em Abril de 2013. Eu não tinha idéia do que estava começando. Tudo o que ouvi foi: “Vai mudar a sua vida”. Eu escolhi Madagáscar como o destino de minha viagem, que abriu meus olhos e coração. Vi mães e seus filhos, e quanto você tentar ajudar seus filhos por satisfazer as suas necessidades básicas. Na verdade, eu escrevi “Unconditionally” do que experimentei em Madagascar; quando eu vi o quanto incondicional, amor verdadeiro entre mães e filhos, amar uns aos outros. Eu também estou aqui para encorajá-los a falar sobre assuntos que são importantes para você. Mudanças de energia incrível, que nessa sala me inspira. Eu sei que aqui há um grande grupo de pessoas, jovens e inteligentes e vocês são aqueles que estão mais propensos a mudar o futuro. Como líderes, artistas, empresários, filantropicos, os professores têm o poder de melhorar a vida de crianças vietnamitas. Através de sua profissão, local de trabalho ou os produtos que você criar podem tomar decisões que têm um impacto positivo sobre as crianças. Você também tem o poder de se concentrar nas coisas ruins que foram alteradas. Você pode encontrar soluções que nunca antes tinha o direito de existir, e pode salvar e melhorar a qualidade de vida das crianças que vivem aqui e ao redor do mundo. Organizações como a UNICEF pode aproveitar os talentos e idéias para ajudar o ramo Vietnamita para evitar a morte e desnutrição de crianças e difundir o acesso à educação. Sem a sua ajuda, nós não podemos. Precisamos de trabalho em equipe. Use a voz que foi dada a você. Aproveitá-la para expressar seu apoio para as crianças e dar força para as crianças que não têm voz. Obrigado por me convidar para vir aqui. Estou muito feliz que eu estou aqui.

“Eu fui inspirada por muitas coisas. Eu mesma já fui uma criança, eu entendi o que as crianças pensam, eu entendo a dificuldade. Eu quero a mudar no sentido mais positivo. Foi por isso que eu fui para Madagascar, por que estou fazendo isso junto com a Unicef, incentivando os jovens. Espero influenciar e criar atenção. Espero que muitas pessoas leiam meu tweet para se sentirem mais forte, mais positivos. Quero me associar com a UNICEF para proteger as crianças de todo o mundo “, disse Katy.


05.12 – Forbes 30 Under 30, Vietnã


0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também Entrevistas