"> Katy em entrevista para a WWD sobre sua fragrância Killer Queen – Portal Katy Perry


Katy em entrevista para a WWD sobre sua fragrância Killer Queen


Katy concede entrevista para a revista Women’s Wear Daily, onde conta sobre seu perfume Killer Queen e também comenta sobre o seu próximo album. Confira abaixo a entrevista traduzida e adaptada pela equipe do PKP.
 
Katy Perry gostaria de deixar uma coisa absolutamente clara: ela não permite que sua vida seja regrada pelo medo.
 
Enquanto algumas celebridades fizeram decisões questionáveis pois eles não são positivos em relação a longevidade de sua carreira, Perry não é uma deles.

 
 
“É assim como eu vejo minha carreira: não como uma bomba relógio,” disse Perry. “Muitas pessoas fazem as coisas por medo. Um monte de pessoas fazem escolhas[com base no pensamento] elas não vão ter uma carreira em cinco anos. Eu sei onde estou, eu sei o que eu faço é algo que vale e não tem uma data de validade. Eu não estou fazendo escolhas — em qualquer capacidade da minha vida, com qualquer tipo de perspectiva, com qualquer tipo de produto  — sem medo.”

 

Isso inclui sua nova frangrância em parceria com Coty Inc., que está previsto para lançar em agosto. Chamado Killer Queen, o nome em referencia a música rock classica escrita por Freddie Mercury.
 
“Killer Queen esteve em meu vocabulário desde quando eu tinha 15 anos, por causa da música ‘Killer Queen’ do Queen,” disse Perry. “Freddie Mercury fez a letra dessa mulher que eu queria ser. Ela parecia muito poderosa, e ela cativou um quarto quando ela entrou. Eu nomeei minha companhia de Killer Queen após essas letras. Eu sinto como que depois desse tempo todo, isso seria apropriado usar esse nome em associação com algo que eu fiz. Eu sinto que estou caindo,  finalmente  naquela mulher em que Freddie descreveu.”
 
Perry se animou quando estava falando de sua nova fragrância, observando que cada uma de suas três fragrâncias tem representado um determinado estágio de sua vida. Perry lançou sua primeira fragrância, um suco floral chamado Purr by Katy Perry, em novembro de 2010. A segunda fragrância chamada Meow, lançado um ano depois. Ambos representaram um lado mais jovem e brincalhão de Katy.
 
Mas é o seu mais recente que representa Perry hoje. “Killer Queen é poderoso, nervoso, sofisticado e é exatamente onde eu estou tentando ser agora com minha música,” disse Perry. “Havia dois aspectos diferentes em criar a fragrância. Isso é quase como usar duas diferentes partes do seu cérebro  — na embalagem, no frasco e comercialização, mas essencialmente tudo isso não importa se você tem o perfume.”
 
Comparando-a com composição, ela se lembrava, “Uma vez eu falei algo em uma coisa de composição e as crianças estavam me questionando perguntas sobre ser uma artista. [Eu disse a eles] todas as fantasias, o brilho e o glamour são ótimos, mas se você não tiver talento, você vai aparecer uma aberração.”
 
Falando de talento, Perry não se contenta em apenas ter a fragrância de celebridade mais popular. Ela pretende ter a fragrância mais popular do momento. “Eu só espero lançar um projeto real de qualidade que compete, e compete além das fragrâncias de celebridades,” ela disse. “Estamos fazendo um produto que realmente se destaca por conta própria, além do meu nome.”
 
Na verdade, seu parceiro de licenciamento, Coty, está apostando fortemente que o Killer Queen vai ser um sucesso. Embora nem Perry e nem os executivos da Coty irão discutir qualquer tipo de fontes industriais quais especulam que a empresa está buscando um alvo no primeiro ano de 80 milhões de dólares globalmente em vendas no varejo, ou 48 milhões no valor de atacado.
 
Descrevendo o posicionamento do cheiro, ela disse: “É para pessoas sofisticadas, alguém que vive no limite e mesmo assim pode usá-lo todos os dias, mas ainda sim com aquela sensualidade.”
 
E não pense que foi tão fácil como jogar algumas notas incomuns em uma garrafa. “Levou-nos 30 ou 35 tentativas para acertar,” disse Perry. “Eu queria algo floral, como jasmim, mas eu também queria flor de veludo vermelho, que é incrível  — dá-lhe a vantagem que torna o Killer Queen. Ele tem um pouco de excesso — mas um excesso como um chá no Claridge’s. Eu queria que o perfume tivesse um pouco de ambigüidade. Eu me senti atraída por perfumes nos últimos anos, como o Alien by Thierry Mugler e Black Orchid de Tom Ford. Eles são fortes demais para mim para usar o tempo todo, e eu não queria que fossem cópias, só para ter um toque de ambigüidade como eles tinham. É sofisticado, mas não está indisposto ao meu principal grupo de pessoas. O coração da oriza dá ambigüidade e essa coisa chamada cashmeran é muito legal. Ele tem essa bola curva que eu acho que é sofisticado, mas ainda super sexy.” ela adicionou, “Você não pode comprar qualquer coisa que faz você ser quem você é,  mas você pode destacar o que você já tem dentro de você. Eu quero esse perfume especial para destacar o poder que já está dentro de você. ”
 
Em julho de 2012 a empresa Coty adquiriu a licensa da fragância de Perry da empresa “Gigantic Parfums” e, em um movimento não esperado, continua a vender as duas fragâncias previamente lançadas pela Gigantic. Steve Mormoris, vice presidente de marketing global da Coty disse, “Ela é incrivelmente talentosa e nós estamos esperando coisas boas de Killer Queen. Nós acreditamos que será um lançamento para ficar entre os 10 mais populares.” Renato Semerari, presidente da Coty, concordou “Ela trouxe a mesma paixão e criatividade que traz para o seu trabalho na criação deste perfume. Nós estamos ansiosamente procurando criar uma linha de assinaturas em suas fragâncias, e estabiliza-la como lider nas marcas de beleza.”
 
Coty possui uma grande área de atuação, o que permite um palco mundial para o lançamento de suas frangâncias, ela percebeu, e brincou comparando seus novos parceiros com “Daddy Warbucks.”
 
“Quando eu estava lançando o “Meow”, muitas pessoas que me seguem no twitter não conseguiam comprar pois não a achavam” Disse Perry. “Felizmente, eu tenho muitas pessoas em todo o mundo que estão interessadas nessas fragâncias, mas não tem acesso a elas … Coty possui a distribuição para isso”
 
Ela também reconhece a experiência multifacetada da Coty na fragrância, cor e cuidados com a pele. “Eu sou uma prostituta produto”, ela disse “Eu tenho um regime de beleza que dura uma hora e meia, e nada entra fora de ordem” Ela ri e admite que é difícil de fazer “se você está dormindo na casa de um novo namorado.” Acresentou, “Eu não diria nunca, mas o meu coração não está atraído para aquela área ainda,” disse Perry. “Eu estou realmente animada para o mais novo, maior e melhor lançamento de meus perfumes.”
 
O perfume Killer Queen foi criado por Perry em parceria com a  Laurent Le Guernec of International Flavors & Fragrances.  O aroma mais notáveis são com frutas silvestres, ameixa preta e bergamot, o coração inclui a flor de veludo vermelha, jasmim,  oriza natural, um arco íris de plumeria e amêndoa torrada líquida.

 

O frasco em forma de jóia inspirada pelo cetro de uma rainha é apresentado em em vermelho e ouro em suas laterais. A coroa de ouro contendo figuras de gatos criado por Perry,  clave musical, corações e os punhais encabeçam o frasco do perfume.
 
“Uma coisa que eu estava inspirada era nas fragrâncias de Jean-Paul Gaultier,” disse Perry. “Ele sempre fez algo que me fazia querer guardar o frasco como uma lenbrança depois. Eu me sentia tão legal se eu tivesse o frasco em uma prateleira no meu quarto, mesmo se não houvesse perfume nele. Aquilo me inspirou. Não há uma causa para eu colocar algo que não se destaque, porque eu não sou assim.”

 

Será vendido quatro tamanhos de meu perfume nos valores de 20 dólares até 59.99 dólares  — e será também vendido o a loção corporal por 25 dólares. O lançamento de Killer Queen acontecerá em agosto em mais de 3 mil departamentos e de lojas especializadas. Globalmente, o perfume será vendido em cerca de 20 mil lojas e departamentos em mais de 50 países, disse Mormoris. Haverá um site para a fragrância, assim como Facebook e Twitter. Até o momento, Perry teve mais de 38,7 milhões de seguidores no Twitter. Até o momento, Perry teve mais de 39,1 milhões de seguidores no Twitter. “Eu sou muito particular sobre meu Twitter. Eu gosto do Facebook, e eu uso e aprecio isso, mas principalmente apenas para que todos saibam o que está acontecendo, o que está por vir. Meu twitter é como uma miscelânea de coisas que eu gosto e coisas que eu não gosto, o que eu quero dizer, o que eu quero que as pessoas ouçam, se eu quiser ser engraçada ou dando retweet, falando com meus fãs e improvisar um Q&As(perguntas e respostas). É também uma maneira para eu anunciar e compartilhar as coisas. É commo pegar o telefone e ligar para seu amigo mais próximo, pois é tão fácil e tão direto.”
 
A divulgação, foi filmada por Tim Walker, que começará a circular nas revistas de moda, beleza e estilo de vida. A propaganda na TV, está previsto para começar a transmitir no dia 24 de agosto, foi clicado por Jonas Akerlund. Ambos destacam o slogan atrevido de Perry, “Own the Throne.”
 
Enquanto Perry tentava evitar em falar sobre seu próximo album (“eu ainda estou trabalhando nele! Você é da Women’s Wear Daily, não da Rolling Stone!”, ela diz brincando), há relatos que dizem que o album será mais “maduro” do que as confecções pop anteriores de Perry, e pode incluir canções inspiradas pelo ex-marido de Perry, Russell Brand, e co-escritas com a compositora, cantora e amiga Bonnie McKee.
 
“Tudo é uma conversa, isso é tudo que posso dizer”, disse Perry. “Eu não estou dizendo que vai ser bom em tudo, mas eu vou causar”.

 

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também Atualizações