"> Entrevista de Katy para a revista Elle canadense – Portal Katy Perry


Entrevista de Katy para a revista Elle canadense



Katy Perry é capa da edição de Outubro da Elle Magazine canadense. A cantora deu uma entrevista para a revista, onde você confere logo abaixo traduzida por nossa equipe.

O turbilhão que envolve Katy Perry está me deixando tonto. Estou em uma mansão em Manhattan, praticamente sendo alimentado à força por um champanhe cheio de brilho e como um pato bêbado a foie-gras. Perry, a lendária estrela pop e amante de festas está na grande sala de Thom Browne, tocando nas pessoas com um cetro e rindo histericamente. Ela para só para comer bolo e dançar com os DJs New York Dolls, que estão tocando ensurdecedoras músicas pop dos anos 80.

É tarde, mas ela está comemorando o lançamento de sua mais recente fragrância, Killer Queen, outro bloco de construção do império que ela criou desde que ganhou a cena em 2008 com o sexy “I Kissed a Girl”. Ela parece em alta. É compreensível: Este é o maior lançamento de perfume. Seu quarto álbum, Prism, vai bater prateleiras este mês, e já é um sucesso.

Todo esse brilho está reluzindo no meu estômago. Quando eu me sento com Perry, ela é mais recatada. Seu corpo está envolvido por um vestido, abraçado por uma gola alta verde-esmeralda, Moschino, e na frente há uma estampa de rosas. Apesar do vestido temático e da fragrância, ela é rápida para pôr de lado quaisquer associações agitadas.

“Eu vou ser o bobo da corte para a princesa”, ela diz com uma risada. “A contrapartida de comediante!”

Mas ela não é mais a “confeitaria com seios e a rainha chiclete”. “É tudo como um novo capítulo”, alguém da comitiva de Perry sussurrou antes de eu a conhecer. Ela crescer e sair de um divórcio teria bagunçado o comediante Russell Brand. “You held me down, but I got up”, diz a letra de “Roar”, o primeiro single contagiante de seu novo álbum. “You’re gonna hear me Roar.”

Perry ri quando eu lhe pergunto onde ela está agora.

“Bem aqui neste sofá!”, diz ela, chutando seus pés para fora e gargalhando. “Eu tenho 28 anos, e eu não sei se você é jovem, mas, como você deve saber, quando você estiver no final de seus 20 anos, é um tempo de crescimento muito importante. É o chamado “retorno de Saturno”, se você gosta de astrologia, é importante para mim. “Eu não sei muito sobre as fases do planeta, mas eu olhei para cima. De fato, o retorno de Saturno é descrito como um cósmico chamado “acorde”, quando os encantos da juventude caem para revelar as realidades sóbrias da vida adulta. “Eu acho que é um momento muito importante, quando você abandona as coisas de menina e aceita a sabedoria que vem com a idade”, explica ela. “Isso é exatamente onde eu estou agora.”

Perry usa palavras como “divertida” e “sofisticada” para descrever sua evolução. Parece importante para este excesso de controle “auto-descrito” para continuar a seguir em frente.

“Eu sempre fui como uma esponja; eu sempre tive vontade de aprender”, explica ela . “Eu não cresci com uma educação real, mas agora eu sou o tipo de educação pela vida.”

Na verdade, Perry conseguiu seu GED durante seu primeiro ano do ensino médio para que ela pudesse seguir uma carreira musical. Ela gravou um álbum gospel inspirado nas músicas que ela cresceu com a Igreja Pentecostal de seus pais. Em seguida, ela se apaixonou por artistas como Queen e Alanis Morissette .

A garota que não tinha permissão para ouvir música “secular” certamente ampliou seus gostos. Ela sorri quando me diz que ela foi ver Kinky Boots on Broadway na noite anterior.

“Eu adorei. Fiquei surpresa e emocionada com isso. A mensagem é tão poderosa.”

O musical é baseado na história verídica de um sapateiro que se junta com uma drag queen para salvar a empresa da família. É divertido e chamativo e possui uma pontuação por Cyndi Lauper. Em seu núcleo, porém, a história é sobre a busca dos personagens por semelhança e luta para resistir a seus pais. Não é à toa que Perry adorou. Sua rebeldia pode ser por isso, ela diz que está inspirada por mulheres fortes como Joana d’ Arc. Ela coloca de forma mais simples, no entanto.

“Eu sempre gosto de ir para a estrada única a menos percorrida.”

Às vezes, a evolução de Perry parece um pouco crua em torno das bordas. Ela fala muito sobre o fascínio de luxo.

“Um dos meus lugares favoritos em todo o mundo é Claridge’s For High Tea”, diz ela . “É requintado e real.”

Ela brinca com seu cabelo preto como ela descreve a importância da elegância, deixando uma mecha atrás da outra no chão, aparentemente sem perceber. Então ela olha para baixo, surpreso, e ri com um toque de embaraço.

“Todos esses apliques!”

Parece que tão logo Perry esquece que está tentando ser equilibrada, ela desliza de volta para a menina encantadora e impetuosa que caiu durante anos atrás. Ela conversa com facilidade sobre seu interesse em sua saúde: Ela mudou de beber lattes de chá verde, ela caminha e toma suplementos. Então, ao descrever sua marca preferida de vitamina C, ela casualmente menciona que o único inconveniente é que tem gosto de “uma carga nojenta.” Ela sorri, continuando, e depois para e ri novamente.

“Eu não posso acreditar que eu disse isso! Vamos pular essa parte!”

Em pouco tempo, ela tirou seus sapatos e jogou o conteúdo de sua bolsa de maquiagem na mesa de café.

“Lá vamos nós!”, Diz ela . “Meu saco de truques!” É uma resposta extraordinariamente literal questionar sobre seu regime de beleza. “Eu certifiquei-me de me dar um tempo”, diz ela. “Eu tive que encontrar esse equilíbrio. Mas eu aprendi uma coisa chamada meditação transcendental. São 20 minutos e você deve fazê-la duas vezes por dia, mas eu só faço isso uma vez a cada dois dias, mas de qualquer forma, ela funciona.” Ela acena com a mão. “As pessoas dizem que você deve trabalhar 30 minutos por dia, nenhum de nós funciona 30 minutos por dia!”

Ela é igualmente franca sobre o porquê de admirar seus amigos famosos.

“Eu acho que Rihanna sempre parece tão doce, ‘Como você faz isso? Todos nós sabemos o quanto você fuma maconha! E você não dorme, porque você está no Instagram as quatro horas da manhã!”, Ela pisca e diz: “Eu vou contar um segredo para você.”

É engraçado ouvir sua incapacidade de zombar Rihanna para encerrar, quando Perry não está twittando para um fã, ela está planejando uma turnê mundial ou colaborando em um perfume. Ela nunca pode desligar.

Na verdade, quando lhe pergunto se ela tem um talismã, ela apenas ergue a cabeça e diz:

“O que é isso?”, Ela ouve atentamente como eu explico que ele é apenas um amuleto da sorte. “Eu adoraria ter um talismã! Vou anotar algo. Eu amo palavras!” Então, num piscar de olhos, ela pega seu celular e escreve no bloco de notas: “Seja meu talismã!” Ela começa a cantarolar, “Estamos escrevendo uma música agora mesmo!”

Para conferir a capa e o photoshoot de Katy para a Elle Magazine Canada, clique aqui.

0 Comments

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira também Entrevistas